Turma do curso de 2015

AGENDA DAS APRESENTAÇÕES

 

aula 1 – (21/08) Abertura/ espaço geográfico e totalidade

Pressupostos epistemológicos
Pressupostos metodológicos
 

aula 2 – (28/08) Os objetos na teoria geográfica de Milton Santos I

1 – Maycon Fritzen

BAUDRILLARD, Jean. Para uma crítica da economia política do signo. Lisboa, Edições 70, 1995 [1972]. [décima parte p. 191 - 212]

SIMONDON. Gilbert – El modo de existencia de los objetos técnicos. 1ra. ed. Buenos Aires: Prometeo Libros, 2007. [Introdução e Cap. 1, p. 31 - 70]

MOLES, Abraham A. – Teoria da complexidade e civilização industrial. Em Civilização industrial e cultura de massas, Petrópolis, Editora Vozes, 1973. [p. 7 - 27]

________________________

SANTOS, Milton. Técnica espaço tempo – globalização e meio técnico-científico-informacional. São Paulo, Edusp, 2008. [Cap. 9 “O espaço: sistemas de objetos, sistemas de ações”, p. 85 - 92; Cap. 10 “Objetos e ações: dinâmica espacial e dinâmica social”, p. 93 - 103].

CHOAY, F.. Destinos da cidade européia: séculos XIX e XX. Revista de Urbanismo e Arquitetura, Salvador, 4, set. 2008. Disponível em: http://www.portalseer.ufba.br/index.php/rua/article/view/3110. Acesso em: 25 Set. 2014.

aula 3 – (04/09) - Técnica e norma como elementos epistemológicos do espaço geográfico

2 – Gabriel Pironcelli Kazukas

LATOUR, Bruno. Jamais fomos modernos. São Paulo: Ed. 34, 1994.  [Cap. 1 - Crise e 2 - Constituição, p. 07 - 52]

SILVEIRA, María Laura. “Concretude territorial, regulação e densidade normativa”. Em Revista Experimental. São Paulo: Laboplan, março de 1997, n. 02, pp. 35-45.

________________________

ANTAS JR., Ricardo M. A norma e a técnica como elementos constitutivos do espaço geográfico: considerações sobre o ressurgimento do pluralismo jurídico. Em Território brasileiro: usos e abusos. São Paulo: Edições Territorial, 2003, pp. 77-92.

aula 4 – (18/09) Precedentes da formação do direito contemporâneo 

3 – Marcel Petrocinio Esteves

TIGAR, Michael E. & LEVY, Madeleine R. O direito e a ascenção do capitalismo. Rio de Janeiro: Zahar, 1978 [Quinta Parte: A vitória da burguesia 91600-1804) pp. 229-315]

FOUCAULT, Michel. Em defesa da sociedade. São Paulo: Martins Fontes, 1999. [Aulas 14 e 21 /01/1976, p. 27 - 73]

________________________

TRUBEK D. M. Max Weber sobre o o direito e a ascenção do capitalismo. Revista Direito GV, V.3 N.1, P.151-186, JAN-JUN2007 [http://direitosp.fgv.br/sites/direitosp.fgv.br/files/rdgv_05_pp151-186.pdf]

ANTAS JR., R. Mendes. Território e Regulação – espaço geográfico, fonte material e não-formal do direito. São Paulo: Humanitas, 2005. [Cap. 3 - A expansão histórico-geográfica do direito ocidental e 4 Dos territórios étnicos aos territórios nacionais (pp. 79 - 132)]

aula 5 – (25/09) Formação do sistema internacional contemporâneo 

4 - Letícia Maria Vieira

HIRST, Paul & THOMPSON, Grahame. Globalização em questão. Petrópolis: Ed. Vozes, 1998. [Cap. VIII Globalização, Governabilidade e Estado-Nação]

SASSEN, Saskia. Sociologia da Globalização. Porto Alegre: Artmed, 2010. [Cap. 3 - O Estado confronta a economia global e as redes digitais; Cap. 4 - A cidade global: recuperando o lugar e as práticas sociais]

aula 6 - (02/10) Fim do monismo jurídico e o início do pluralismo jurídico: o Estado, as corporações, as organizações de solidariedade e as novas formas de regulação no território (1ª parte)

5 – Ana Paula

SANTOS, Boaventura de Sousa. “O discurso e o poder: ensaio sobre a sociologia da retórica jurídica”. Em Boletim da Faculdade de Direito. Universidade de Coimbra, número especial em homenagem ao Prof. Dr. J. J. Teixeira Ribeiro, Coimbra, 1979, pp. 227-341.

WOLKMER, Antonio Carlos. Pluralismo Jurídico – fundamentos de uma nova cultura no direito. São Paulo: Alfa-Omega, 2001. [Cap. 3 - as fontes de produção na nova cultura jurídica, pp. 119-168].

________________________

SANTOS, Boaventura de Sousa. A construção multicultural da desigualdade e diferença. Palestra proferida no VII Congresso Brasileiro de Sociologia. Instituto de Filosofia e Ciências Sociais da Universidade Federal do Rio de Janeiro, 1995.

aula 7 - (16/10) Fim do monismo jurídico e o início do pluralismo jurídico: o Estado, as corporações, as organizações de solidariedade e as novas formas de regulação no território (2ª parte)

6 – Mariana Dell’Avanzi

FARIA, José Eduardo. O direito na economia globalizada. São Paulo: Malheiros, 1999. [Cap. 4, pp. 150 - 217]

DEZALAY, Yves; TRUBEK, David M. A reestruturação global e o direito – a internacionalização dos campos jurídicos e a criação de espaços transnacionais. Em FARIA, José Eduardo (Org.) “Direito e globalização econômica”. São Paulo: Malheiros, 1996. [pp. 29-80]

aula 8 - (23/10) Fim do monismo jurídico e o início do pluralismo jurídico: o Estado, as corporações, as organizações de solidariedade e as novas formas de regulação no território (3ª parte) 

7 – Valberson Silva

HUCK, Hermes M. Sentença estrangeira e Lex Mercatoria – horizontes e fronteiras do comércio internacional. São Paulo: Saraiva, 1994. [Caps. 6, pp. 101 - 129]

SANTOS, Milton. “Da política dos Estados à política das empresas”. Em Cadernos da Escola do Legislativo. São Paulo, julho de 1997.

Complementar

SANTOS, Milton. Desafio do Ordenamento Territorial. 1994 mimeo

aula 9 - (30/10) A metrópole como locus privilegiado para desenvolvimento e ação dos novos agentes da regulação

8 – Delcio Fernandes

HARVEY, David. A produção capitalista do espaço. São paulo Annablume, 2005. [Cap. 6 - Do administrativismo ao empreendedorismo: a transformação da governança urbana no capitalismo tardio, pp. 163-190]

BOLTANSKY, Luc & CHIAPELLO, Ève. O novo espírito do capitalismo. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2009. [Cap. II - Formação da cidade por projetos (pp. 133 - 194)

aula 10 - (06/11) Da economia política da urbanização à economia política da cidade

9 - Claudiane Gonçalves Tonetti

CORRÊA, Roberto Lobato. Metrópoles, corporações e espaço: uma introdução ao caso brasileiro. Em CASTRO, GOMES e CORRÊA, Brasil: questões atuais da reorganização do território. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1996

SANTOS, Milton. Por uma economia política da cidade. São Paulo: EDUC/HUCITEC, 1994.

aula 11 - (13/11) Pistas para uma nova economia política da cidade e do urbano: trabalho, técnica, norma, linguagem

10 - Natália Weber

RIBEIRO. Ana Clara Torres. Por uma sociologia do presente - ação, técnica e espaço. Rio de Janeiro, Letra Capital, 2013. (vol. 2 “Território usado e humanismo concreto: o mercado socialmente necessário”, p. 293 - 310; vol. 4 “A atualização técnica do urbano”, p. 239 - 266)

LEPETIT. Bernard. É possível uma hermenêutica urbana? Por uma nova história urbana Bernard Lepeit. Org SALGUEIRO, Heliana A. São Paulo, EDUSP, 2001. (pp. 137 - 153)

aula 12 - (27/11) Internacional, global e mundial: a ordem, o sistema e a solidariedade

SANTOS, Milton. A natureza do espaço - técnica e tempo/razão e emoção. São Paulo: Hucitec, 1996. [Cap. 15 - Ordem universal, ordem local, pp. 266-273]

SALGADO, Luciana Salazar.  Cibercultura: tecnoesfera e psicoesfera de alta potência difusora. Em Vera Lucia Rodella Abriata, Naiá Sadi Câmara, Marília Giselda Rodrigues, Matheus Nogueira Schwartzmann. Franca, SP: Unifran, 2013.